ATO ILÍCITO E EXCLUDENTES DE ILICITUDE (PUBLICADO EM 2005).